Billy Graham e os Dez Mandamentos

"A lei do SENHOR é perfeita, e refrigera a alma; o testemunho do SENHOR é fiel, e dá sabedoria aos símplices. Os preceitos do SENHOR são retos e alegram o coração; o mandamento do SENHOR é puro, e ilumina os olhos" (Salmos 19:7-8)


video


Billy Graham responde no website de seu ministério:

"Será que Deus ainda espera que guardemos os Dez Mandamentos? Eles não perderam a validade, uma vez que foram dados a milhares de anos atrás e o mundo é tão diferente hoje?

Os Dez Mandamentos são tão válidos hoje como quando Deus lhes deu a Moisés há mais de 3000 anos. Jesus disse, 'Eu afirmo a vocês que isto é verdade: enquanto o céu e a terra durarem, nada será tirado da Lei - nem a menor letra, nem qualquer acento. E assim será até o fim de todas as coisas.' (Mateus 5:18).

Sim, é verdade que vivemos num mundo muito diferente. Mas se isso significa alguma coisa, precisamos ainda mais dos Dez Mandamentos hoje, pois vivemos num momento de grande confusão moral e espiritual. Como podemos saber o que é certo ou errado? Existem apenas duas maneiras: Fazer tudo por nós mesmos ou depender de Deus para nos mostrar. Mas Deus sabe o que é melhor para nós, e quando rejeitamos Sua vontade para nós, acabamos no caos moral e espiritual.

Você já analisou com cuidado e honestamente os Dez Mandamentos? (Pode encontrá-los em Êxodo 20:1-17). Quando o fizer, poderá surpreender-se por sua brevidade, mas também pelo quanto eles cobrem. Não somos todos beneficiados quando as pessoas não se matam umas às outras, não roubam, não desonram seus votos matrimoniais? É claro! Mas a questão que enfrentamos não é apenas saber se você vai ou não seguir os Dez Mandamentos. A verdadeira questão é que lugar Deus ocupa em sua vida. Já se colocou à margem dEle, por assim dizer? Por quê? Em vez disso, coloque Deus no centro da sua vida por se comprometer com Cristo."

Fonte: Billy Graham's Site

Obs.: (Prof. Azenilto de Brito): Ao citar estas palavras do famoso pregador, a reação que encontro às vezes é de crentes buscando denegrir a imagem dele, dizendo que é um "ecumenista" ou até "maçom".

Eu perguntaria se os pioneiros batistas, presbiterianos, metodistas, anglicanos, congregacionais, luteranos também eram "ecumenistas" e "maçons" pelos séculos XVI, XVII e XVIII ao estabelecerem as confissões de fé de suas Igrejas, pois O QUE ENSINAM É A MESMA COISA. . .

Billy Graham está apenas sendo coerente com o pensamento oficial das Igrejas-mãe das quais tantas outras derivaram, embora seus membros em geral ignorem esses fatos, dada a tremenda lavagem cerebral do neo-antinomismo dispensacionalista que passou a dominar o pensamento cristão evangélico a partir de fins do séc. XIX e início do XX.

Nota: (Gilberto Theiss) - Deus tem levantado pessoas sinceras e que não são adventistas para defenderem os 10 mandamentos da lei de Deus. Conheço outros pastores evangélicos que embora ainda não sejam adventistas, defendem com muita audácia a validade dos 10 mandamentos para nossos dias e inclusive o sábado bíblico que é o 4º mandamento.

Por ai se ensina uma graça muito barata. Uma apologia de graça que não é bíblica. Graça sem lei não é graça, assim como que lei sem graça não é lei. A lei não salva, apenas mostra nossa situação diante de Deus, e é ai que a graça entra, pois só ela salva, só a graça nos dá força para vencer, só a graça nos levantará de nossas quedas. A graça é o próprio Cristo com seu sacrificio expiatório na cruz. A lei não perde sua validade diante da graça, pelo contrário, a lei mostrando nossa situação de pecado (I João 3:4) nos mostra que precisamos da graça que é Jesus. Portanto a lei nos leva até Cristo.

Tenho percebido que alguns tem defendido a extinção da lei de Deus por não desejarem em verdade deixar suas vidas de pecado. Ensinar que não existe lei e que só a graça basta é mais fácil e popular. As igrejas ficarão mais cheias, os dízimos serão maiores e a vida continua, sem muitas mudanças. A vontade de Deus é deixada de lado e a vontade humana é que predomina. Um Deus transcedente vira imanente e assim Deus passa a gostar e aceitar das coisas que eu gosto e aceito. Religião do sentimento. Se eu sinto que não é pecado, pratico e acredito que Deus me aceitará dessa forma. Para ilustrar isso, vou contar dois casos reais e interessantes, mas vou poupar nomes para não ferir imagens de ninguém.

Uma pastora de uma igreja evangélica pentecostal, certa vez estava cometendo adúltério. Ao a igreja descobrir exigiram respostas. Simplesmente essa pastora levantou a bíblia e disse que a graça de Jesus era suficiente pra ela independente do que ela faça.

Outra história é semelhante. Nesta história eu fui testemunha ocular. Um pastor me procurou certa vez para discutir a bíblia comigo por eu estar estudando a bíblia com alguns membros de sua igreja. Veio a minha casa para provar pra mim que a lei de Deus foi extinta e que só existe a graça. Depois de algun tempo em que insistia em dizer que não precisamos guardar a lei, pois disse que Jesus já fez isso por nós, perguntei-lhe: "Pastor, se você viver com duas mulheres, será salvo?" Ele respondeu que sim porque estava na graça. Então lhe fiz uma segunda pergunta: "Pastor, então qual a diferença entre você e qualquer lá fora que vive na baderna?" E ele me respondeu assim: "Eu serei salvo vivendo com duas mulheres porque a graça de Cristo me basta, mas eles serão perdidos porque não vivem na graça." Misericórdia. Foi ai que entendi que a graça sem lei ensinada por muitos, na verdade tem sido difundida dessa forma para não ter que se confrontar com seus próprios pecados.

"Pecado é a transgreção da lei" I João 3:4 - Portanto se não existe lei, não existe pecado, e se não existe lei e pecado, também não existe pecador. Se não existe lei, pecado e pecador, logo também não existe salvação, se não existe lei, pecado, pecador e salvação, logo não poderia existir um Salvador.

A maior prova de que os 10 mandamentos jamais mudaram foi que Jesus morreu na cruz. Ele poderia ter anulado a lei sem ter que morrer, pois é Deus e pode qualquer coisa, mas se Ele morreu na cruz é porque a lei não poderia ser mudada, pois Deus a criou para um propósito perfeito e eterno (Salmos 19:7; Salmos 111:7 e 8), e o que é perfeito não se muda, porque Deus não muda (Mal. 3:6; Salmos 89:34; Tiago 1:17; Mat. 5:17; Ecles. 3:14).

"As obras das suas mãos são verdade e juízo; fiéis todos os seus mandamentos. Permanecem firmes para todo o sempre; são feitos em verdade e retidão". Salmos 111:7 e 8.

"Não penseis que vim destruir a lei ou os profetas, não vim para mudar, vim para cumprir (Obedecer)". Mateus 5:17

"E é mais fácil passar o céu e a terra do que cair um til da lei". Lucas 16:17

"Se me amais guardareis os meus mandamentos" S. João 14:15

"Porque este é o amor de Deus, que guardemos os seus mandamentos; e os seus mandamentos não são pesados". I João 5:3

"De tudo o que se tem ouvido, o fim é: teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque este é o dever de todo o homem". Eclesiastes 12:13

De que forma seremos julgados? faça o paralelo com os textos abaixo:

"Porquanto tem determinado um dia em que com JUSTIÇA há de julgar o mundo". Atos 17:31

"A Tua JUSTIÇA é uma justiça eterna" Salmos 119:142

"A JUSTIÇA dos teus TESTEMUNHOS é eterna". Salmos 119:144

"E deu a moisés quando acabou de falar com ele no monte Sinai, as DUAS TÁBUAS DO TESTEMUNHO, tábuas de pedra, escrita pelo dedo de Deus". (Ou seja, os 10 mandamentos, Êxodo 20:3-17).

"Acerca dos teus TESTEMUNHOS, soube, desde a antiguidade, que Tu os fundastes para sempre". Salmos 119:152

"A minha língua falará da Tua palavra, pois todos os teus MANDAMENTOS são JUSTIÇA". Salmos 119:172

João em muitas de suas visões, viu que nos final dos tempos o povo de Deus seria perseguido pelo dragão (Satanás). É interessante notar que este povo é apresentado como que guardando os mandamentos de Deus.

"Irou-se o dragão contra a mulher, e foi pelejar contra seus descendentes, os que GUARDAM OS MANDAMENTOS DE DEUS, e tem o testemunho de Jesus". Apoc. 12:17

Interessante notar que não são apenas os adventistas que são perseguidos por guardarem o sábado e a lei. Até evangélicos sinceros que quando começam a defender e guardar os mandamentos de Deus, são perseguidos e ridicularizados por seus pastores e opositores. Conheço um líder de uma igreja pentecostal que está começando a guardar o sábado, e por esta razão tem sofrido perseguição por seus pastores. Inclusive está se mudando porque a casa em que mora é da tal igreja. Se voltar atrás e aceitar os ensinamentos que abolem o sábado e a lei, ele fica, senão, vai ter que sair mesmo. Também conheço a história de um pastor de uma determinada igreja evangélica que começou junto com a família guardar o sábado e por esta razão foi transferido para lugares e regiões onde geralmente são reservados para pastores que precisam aprender certas lições. Uma espécie de disciplina eclesiástica. Me lembro muito bem também de um grupo de jovens na qual estavam estudando a bíblia comigo, e quando foram indagar com seu pastor sobre estas verdades que estavam aprendendo sobre o sábado e a lei de Deus, foram ameaçados pelo tal pastor. Será que encontramos nessas histórias um cumprimento fiél de apocalipse 12:17? Bom, faça um teste e diga para seu pastor e para sua igreja que está guardando os mandamentos de Deus e inclusive o 4º, o sábado, e verá como ficam furiosos e se tornam perseguidores. Mas chegará um dia em que aos milhares, pessoas se converterão e sairão de babilônia (Babilônia = Todas igrejas falsas. Igreja Mãe e igrejas filhas), para guardar a odiada lei de Deus, ai sim veremos uma grande perseguição como nos tempos da idade média.

Apelo Final:

Nós seres humanos sempre buscamos nos espelhar em alguém. Não gostaria você de se espelhar naquele que jamais erra? Naquele que jamais engana? Em I João 2:6 nos apela para "andar como Cristo andou". Portanto Deus quer que imitemos a Jesus e seu caráter. Nosso exemplo maior foi dado. Não é ser humano algum, não são pastores, o nosso exemplo maior que devemos seguir é o próprio Jesus Cristo. Se devemos andar como Ele andou, então devemos obedecer a Deus guardando os seus mandamentos. Veja:

"Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor". S. João 15:10.

E até o sábado que é o 4º mandamento Jesus observou:

"E chegando a nazaré onde fora criado, entrou num dia de sábado segundo o SEU COSTUME, na sinagoga, e levantou-se para ler." Lucas 4:16.

Gostaria você também de guardar os mandamentos de Deus assim como Jesus os guardou? Gostaria de andar como Ele andou? Gostaria de ter os mesmos costumes que tinha Jesus? Ele é nosso exemplo e não seres humanos falhos, mentirosos, enganadores ou falsos. Por mais sincero que sejamos e por mais que tenhamos boas intenções, o modelo a ser seguido ainda continua sendo a Jesus e sua palavra.

Um dia um pastor me disse que Jesus guardou o sábado mas que isso foi antes de sua morte na cruz. Então respondi da seguinte forma:

"E era o dia da preparação e amanhecia o sábado. E as mulheres que tinham vindo com ele da galiléia, seguiram também e viram o sepulcro, e como foi posto o seu corpo. E, voltando elas, prepararam especiarias e unguentos; E NO SÁBADO REPOUSARAM CONFORME O MANDAMENTO." Lucas 23:54-56.

Nesta situação Jesus já tinha até descido da cruz. E se disserem agora que a mundança foi na verdade depois da ressurreição, terão pelo menos dois sérios problemas para resolver:

1º - Não existe nenhum texto bíblico dizendo que o sábado mudou para o domindo ou para dia nenhum. Usam textos como de romanos 14 e de colos. 2 por não saberem distinguir entre os dias festivos do santuário e o dia do Senhor.

2º - Terão que explicar porque Paulo ia a igreja apenas aos sábados pregar tanto para Judeus quanto para Gentios. Veja bem, para Judeus, tudo bem, existe uma desculpa, mas e para os Gentios que não guardavam o sábado, queria ele incutir na mente dos Gentios o sábado dos Judeus ou o sábado dos mandamentos? Atos 13: 14,27,42,44,48; 16:12 e 13; 18:4,11.

Não nos esqueçamos que assim como Jesus tinha por costume estar na igreja no sábado e não no domingo, Paulo também tinha o mesmo costume. Com certeza ele seguiu o exemplo maior, Cristo.

"E Paulo, como tinha por COSTUME, foi ter com eles; e por três sábado disputou com eles sobre as escrituras". Atos 17:2.

E para finalizar:

"É lícito fazer o bem nos sábados" Mateus 12:12

Jesus enfrentou os fariseus na forma errônea de se guardar este dia. Deus não é irrazoável em dar ao homem um mandamento como o sábado. Existem propósitos espirituais neste mandamento. Deus é sábio demais para cometer erros. O problema é o ser humano que quer fazer as coisas de seu jeito e não do jeito de Deus. Jesus bateu de frente com os fariseus quanto a guarda do sábado, porque eles estavam tornando esse dia um fardo. Guardando-o no campo do extremismo. Essa é a tática de satanás, quando ele não consegue nos levar ao liberalismo, então trata de nos levar para o fanatismo e extremismo das coisas. Agora medite bem nisso: Se é LÍCITO fazer o bem nos sábados como disse Jesus, quer dizer que existiam e existem coisas ILÍCITAS de se fazer no sábado. Pare e medite nisso. Jesus quer que guardemos o sábado sim, senão não seria um mandamento. Mas existe a forma correta de se obedecer este mandamento, a começar por amor.

A guarda do sábado tráz bençãos especiais para os que obedecem a Deus neste mandamento precioso (Isaias 58:13,14)

REFLEXÃO: "Mais importa obedecer a Deus do que aos homens" (Atos 5:29)

Fonte: Blog do Gilberto Theiss
Related Posts with Thumbnails